Como mudar de fornecedor de email marketing

Como mudar de fornecedor de email marketing

1. Faça uma lista dos seus requisitos

Eis alguns exemplos daquilo que o seu fornecedor de email pode fazer pelo seu negócio:

  • Gostaria que os novos subscritores recebessem uma sequência de emails de boas vindas, um mini-curso grátis ou outro conteúdo enviado automaticamente? Então precisa de automatização de email ou de autoresponders.
  • Precisa de ter mais do que um “lead magnet” (oferta), ou uma razão para as pessoas se juntarem à sua lista de email? Então precisa dum fornecedor de serviço de email que lhe permita enviar várias ofertas e tenha capacidade de segmentação.
  • Gostaria de poder “taggar” (com tags) os seus subscritores de email após visitarem certas páginas do seu website (ex.: página de serviços). Então precisa de automatização que ativada conforme atividade do site.
  • Quer que alguém que compre algo de si que fique subscrito à sua lista de email para lhe fazer follow-up? Então precisa que o serviço de email permita várias integrações (com lojas online, etc)
  • Se tem necessidade dum sistema de email e de vendas, alguns fornecedores de serviço de email também têm uma componente de CRM e de funis de vendas.

2. Saiba se melhorar o seu email marketing será vantajoso

Analisei vários fornecedores de serviço de email marketing, desde $49/mês (ConvertKit) até aos perto de $900/mês do HubSpot. Antes de se deixar levar pelos vários preços e opções que existem, saiba qual o orçamento que tem disponível para contratar um fornecedor de email e como é que planeia usar as funcionalidades dele, porque não é só uma questão de escolher o serviço certo, é também o pacote certo (normalmente à base de número de subscritores e funcionalidades).

3. Pergunte a quem saiba e confie na recomendação deles

Escolhi o meu fornecedor de serviço após ver fóruns e artigos de especialistas em email marketing. Depois testei “com os meus próprios olhos” os dois melhores fornecedores que encontrei para as minhas necessidades (ActiveCampaign e Drip), e escolhi um.

4. Não tenha medo de fazer perguntas sobre o serviços

Seja por telefone ou por live chat no website desse serviço de email marketing, esteja à vontade para gastar o tempo necessário com o apoio a cliente deles ou um comercial para perceber se as funcionalidades disponíveis vão ao encontro dos seus requisitos. Eu fiz isso, e além de ter respostas às minhas perguntas, deu-me novas ideias para usar em campanhas de email (automações, entre outros).

5. Decida se precisa de apoio profissional para mover a sua lista

Se estiver a mudar para outro fornecedor de email, poderá ser vantajoso pedir ao fornecedor para fazer a mudança sem soluços. Isto pode ser, ou não, um serviço pago.

6. Marque uma data e cinja-se a ela.

A sua mudança pode levar pouco ou muito tempo, dependendo do tipo de setup que tinha no seu fornecedor anterior. Se for como eu e tivesse algumas campanhas de automação, e várias listas e grupos no MailChimp que tinha de converter em tags, então poderá levar algum tempo. Mais vale investir mais tempo nisto, do que menos.



Artigo por João Alexandre.

O João ajuda empreendedores e marcas a usar o poder do Facebook e do marketing digital para crescer o seu negócio.

2 thoughts on “Como mudar de fornecedor de email marketing

Deixar uma resposta