Google Meeting

Ainda não se conhecem bem as diferenças entre a nova plataforma de reuniões virtuais chamada Google Meeting, ou GMeet, e o Google Hangouts.

A Google pode estar a preparar-se para lançar uma nova plataforma de reuniões virtuais chamada Google Meeting, ou GMeet.

No início do mês, um utilizador do Google+, Florian Kiersch acedeu, por engano, a esta plataforma e publicou algumas imagens da mesma, com o intuito de mostrar como aceder a este serviço. De acordo com Kiersch, o acesso público ainda está limitado e apenas alguns Googlers podem criar eventos.

“É possível entrar como convidado se tiver o código do evento ou se conhecer algum dos participantes,” escreveu ele no Google+.

Kiersch descreveu a GMeet como uma plataforma que permite a comunicação com vídeo e áudio e onde os utilizadores podem adicionar ficheiros a partir do Google Drive ou da Dropbox a essa reunião virtual.
A plataforma parece ser totalmente baseada em WebRTC, um código aberto que permite a comunicação em tempo real nos navegadores e nas aplicações. Na opinião de Kiersch, a GMeet não tem o Google Talk ou o Hangouts a ser executados em segundo plano.

google Meeting

Por enquanto, não há nada na informação que este utilizador leu que possa indicar se a Google pretende disponibilizar a GMeet mais amplamente ou se a sua utilização se restringe a uma ferramenta de gestão do público, para os funcionários criarem eventos e interagirem com outros. “Acredito que a Google faça algum anúncio, em breve, caso isto se torne um produto para proveito do consumidor,” disse ele.

Para Kiersch, além da funcionalidade de adicionar ficheiros à reunião a partir da Dropbox e do Google Drive, a GMeet não parece estar integrada com qualquer outra ferramenta de colaboração.

A Google não comentou as inúmeras notícias que surgiram esta semana sobre a GMeet, nem falou publicamente sobre quais os planos para lançar um novo serviço de áudio e vídeo. A empresa recusou um pedido para comentar sobre a especulação em torno da GMeet, dizendo que não responde a rumores ou especulação referente à empresa e aos seus produtos.

O Google Hangouts já oferece aos seus utilizadores individuais e comerciais um meio gratuito, ou de baixo custo, de conversação com áudio e vídeo. O Hangouts permite que os utilizadores do Gmail, Google+ Android e iOS enviem mensagens de áudio e vídeo, partilhem ficheiros de multimédia e dados de localização e façam videochamadas com nove utilizadores.

Ainda não se sabe até que ponto a GMeet será diferente do Google Hangouts. Especula-se que a empresa está a planear oferecer aos utilizadores uma funcionalidade que lhes permita entrar numa videoconferência só com um clique. Supostamente, os utilizadores poderão criar um evento ou uma reunião virtual e convidar outros a participar sem que nenhum tenha de marcar um número para essa chamada.

O website Phandroid reparou que as suas pesquisas para código relacionado com a GMeet e informação sobre essa plataforma mostram que a Google tem falado sobre esta funcionalidade desde, pelo menos, 2011. Mas a maior parte do código que descobriu refere-se às funcionalidades que já existem no Hangouts, como os quadros brancos, partilha de ecrã e calendário da Google, referiu o Phandroid.

Fonte: http://www.eweek.com/networking/google-reportedly-developing-online-meeting-tool.html

 

Artigo adaptado por:

Nome: Daniela Melo ,

Profissão: Tradutora

Descrição: Licenciada em Tradução, pelo ISCAP, e com especialização em Marketing Digital, pela web2business, é tradutora de inglês e espanhol para português em áreas como Marketing Digital, Social Media, Ciências Farmacêuticas e Turismo.

Gostavas de ver os teus textos no PMC? Envia-nos o tema sobre o qual queres escrever. http://www.portugalmediacenter.net/colabora-connosco/

2 thoughts on “Google Meeting

Deixar uma resposta