Social Media vs Redes Sociais, a confusão que está a atrasar os resultados

Social Media vs. Redes Sociais

Sabe a diferença entre Social Media e Redes Sociais? A grande maioria das pessoas, incluindo alguns experts que escrevem sobre o tema, não sabem diferenciar os conceitos e optam por utilizá-los como sinónimos. O grande problema desta situação é que a sua aparência inofensiva esconde aquele que é um dos principais pontos de insucesso dos planos de Marketing Digital das empresas: a falta de diversidade na escolha de plataformas.

Nem o melhor plano de Social Media consegue perseverar se a empresa fizer uma escolha errada das plataformas onde deve marcar presença. Este é um ponto-chave de uma estratégia de Marketing Digital, pois tão importante como definir o público-alvo das campanhas é saber onde o encontrar e como lhe fazer chegar os conteúdos da marca.

O modelo de Rede Social

O argumento é simples: a extensa popularização do Facebook criou nos utilizadores uma noção de modelo de Rede Social, tornado-o em mais um produto que ficou associado à sua categoria. Quando pensamos em Rede Social, pensamos em Facebook. Até aqui não existe grande problema, pois o Facebook é, de facto, uma plataforma muito abrangente e com grande qualidade que oferece um excelente exemplo de um produto deste tipo. A verdadeira questão surge quando se falha em compreender que Social Media e Redes Sociais não são termos sinónimos e que, apesar de o Facebook oferecer uma boa tipificação de Rede Social, o mesmo não acontece para o conceito de Social Media.

Embora pareça uma daquelas questões que apenas interessa aos teóricos, esta pequena confusão tem profundas implicações práticas na forma como planeamos a estratégia de comunicação digital das empresas e, muito provavelmente, está a comprometer o sucesso dos seus canais de Owned Media. É este pequeno erro que, por exemplo, impede muitas pessoas de compreenderem plenamente canais como o Pinterest, o Snapchat ou até o Google+ e que as leva a abandoná-los quando não compreendem que, por exemplo, o Pinterest não espera que o utilizador recorra ao upload de conteúdos para partilhar com uma rede de contactos. O mindset que parece um detalhe sem importância pode, na verdade, ser o elemento explicativo para que a maioria das empresas se foque unicamente no Facebook e ignore outro tipo de plataformas que, dependendo do caso, podem até promover um maior retorno para a marca.

Social Media & Social Networks

Qual é, então, a verdadeira diferença entre Social Media e Social Networks? A diferenciação entre ambos os conceitos é, na verdade, bastante simples e nem faz muito sentido que tenha de ser feita, uma vez que Social Networks é apenas uma sub-categoria de Social Media.

O Social Media é um termo que deriva da web 2.0, a versão actual da internet que se baseia numa lógica de partilha de conteúdos, e é utilizado para identificar o conjunto de plataformas que permitem a colaboração e a co-criação entre utilizadores. As Redes Sociais são apenas um componente deste ecosistema e da qual também fazem parte as plataformas de Social Publishing – blogues, Youtube, Slideshare -, de Social EntertainmentSecond Life, Zynga, MySpace – e Social Commerce – Odisseias, TripAdvisor, Booking -, apenas para mencionar algumas.

Uma forma bastante simples de diferenciar os conceitos é pensar no papel do utilizador em cada plataforma. Uma plataforma de Social Media pretende que o utilizador produza e partilhe conteúdos através do estabelecimento de uma relação bidireccional, enquanto que uma Rede Social está mais focada no desenvolvimento de relações e interacções entre pessoas.

Social Media é um conceito muito mais vasto que a noção de simples Rede Social. Compreender este detalhe abre as portas a um número quase ilimitado de possibilidades de promoção de uma marca no mundo digital. Um blogue não é uma Rede Social, como também não o é o Evernote, a Wikipedia, o Slideshare ou Tripadvisor, mas todas estas plataformas são Social Media e oferecem ferramentas muito poderosas para o marketing de uma empresa.

O desafio que se propõe ao Community Manager é o de conseguir diversificar a estratégia da marca utilizando as melhores plataformas para cada tipo de conteúdos. É fundamental não esquecer que as pessoas estão no Facebook para conversar com os seus amigos e não para saber quais as características do mais recente produto da sua marca.

Texto de:

Nome: João Batista

Profissão: Director na empresa Livros de Ontem

website: http://joaobatista.streetfoodmagazine.pt/

Gostavas de ver os teus textos no PMC? Envia-nos o tema sobre o qual queres escrever. http://www.portugalmediacenter.net/colabora-connosco/

banner-pmc

10 thoughts on “Social Media vs Redes Sociais, a confusão que está a atrasar os resultados

Deixar uma resposta